Atitude positiva sobre a matemática pode melhorar seu desempenho

A matemática, apesar de ser a matéria preferida de alguns, pode ser um pesadelo para outros. Se esse for o seu caso, saiba que encarar essa área de uma maneira mais positiva pode interferir diretamente no seu desempenho nas provas.

Um estudo foi realizado com 240 estudantes entre 7 e 10 anos por meio de um questionário, avaliando o QI, a habilidade para a leitura e a capacidade da memória operacional (que serve para ajudar em tarefas do cotidiano). O nível de cada um foi avaliado com testes de matemática e perguntas sobre suas posturas em relação a todas as matérias. Os resultados surpreenderam os educadores: eles observaram notas mais altas em jovens que mostraram mais interesse e se consideravam bons na área.

Lang Chen, autor do estudo e especialista em psiquiatria e ciências comportamentais da Universidade Stanford, afirmou que a contribuição de uma atitude positiva em relação à matemática é tão grande quanto a contribuição do QI. A postura otimista está ligada a uma melhor performance do hipocampo, importante centro de memória do cérebro, durante a resolução de problemas aritméticos.

Os cientistas não esperavam que a relevância dessa atitude fosse tão expressiva. “A relação funciona por meio de um sistema clássico de aprendizagem e memória no cérebro”, afirmou Vinod Menon, especialista que também participou do estudo. Segundo Menon, se você tiver um forte interesse, associado com habilidades, sua memória ficará melhor e seu cérebro funcionará de maneira mais eficaz ao tentar resolver problemas de matemática.

Chen alerta que uma atitude positiva é um grande passo para se dar bem, mas não é uma garantia. Isso também depende de outros fatores, ou seja, seus estudos e sua dedicação não devem ser deixados de lado. As descobertas podem, entretanto, fornecer uma boa ajuda para melhorar o desempenho acadêmico e o aprendizado de quem enfrenta dificuldades nessa área.

Fonte Guia do Estudante

Post A Comment